Todos os casos de "legionella" em Lisboa têm ligação a Vila Franca de Xira

A bactéria legionella é responsável pela Doença dos Legionários, uma pneumonia grave, cuja infeção se transmite por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada.

O diretor-geral de Saúde confirmou que ainda não está identificado o foco do surto, mas considerou seguro que "o problema está na água, não sabemos se na rede municipal, se nas torres de refrigeração, se em grandes armazéns comerciais ou fabris", e por isso "todos estão a ser investigados".

Nestas declarações aos jornalistas à entrada para uma reunião da equipa que está a coordenar as investigações, e a seguir à qual se seguirá uma comunicação, pelas 19.30 horas, Francisco George disse também esperar um quinto óbito, mas não o ligou diretamente à 'legionella', dizendo aguardar pelos resultados laboratoriais.

"Há 180 casos confirmados, dos quais 24 estão internados em cuidados intensivos, e quatro óbitos, e há uma quinta situação que ainda está em investigação em termos de diagnóstico, mas que irá seguramente juntar-se a estes quatro casos", disse o diretor-geral, pormenorizando que "o quinto caso é uma situação que não tem uma confirmação laboratorial, mas pelo quadro clínico trata-se de uma doença dos legionários, em Vila Franca de Xira".

O diretor-geral de Saúde admitiu que "este é um surto grave", mas lembrou que "não é ímpar em termos de descrições na Europa e nos Estados Unidos", garantindo que "conhecemos muito bem o comportamento desta bactéria, como evolui, como se transmite, como se deve tratar".

O Hospital de Vila Franca Xira começou na sexta-feira a receber doentes contaminados com a bactéria 'legionella'.

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, disse no sábado que foi acionado um plano de contingência para lidar com o surto de legionella, enquanto o Diretor geral da Saúde já havia admitido que o surto verificado "é um problema que não é habitual" dada "a magnitude e gravidade".

 

fonte:http://www.jn.pt/Pa

publicado por adm às 17:01 | comentar | favorito
tags: