29
Set 13

João Sousa faz História

Em declarações ao Económico, depois do triunfo na Malásia, João Sousa diz esperar "continuar a dar alegrias ao desporto português."

 

 

O vimaranense João Sousa fez História em Kuala Lumpur, na Malásia, ao assumir-se como primeiro tenista português a conquistar uma prova ATP, derrotando na final o francês Julien Benneteau com os parciais de 2-6, 7-5 e 6-4 em 2h18m. O triunfo assegura 115 mil euros e 250 pontos ATP a Sousa, algo que lhe permitirá entrar no top 50 e passar a ser o português mais bem posicionado de sempre no ranking mundial, superando o 59º posto que Rui Machado chegou a deter.

Muito apoiado pelo público, o número 77 mundial sentiu dificuldades no primeiro set, acabando derrotado por 2-6 face à segurança do serviço e melhor jogo na rede do gaulês (33º ATP), de 31 anos. Porém, João Sousa não deixou de se empenhar, recuperou a confiança, contrariou as qualidades do adversário e foi capaz de se impor ao adversário com uma parte final de set fulgurante (7-5).

No terceiro e último set, Sousa, de 24 anos, quebrou logo o serviço ao opositor, chegou a 2-0 e, apesar da pressão do experiente jogador gaulês, foi mantendo o seu serviço, aproveitou os erros não forçados de Benneteau e impôs-se por 6-4, terminando deitado no chão a celebrar de forma efusiva.

Para conquistar o torneio, Sousa venceu, de forma sucessiva, o norte-americano Ryan Harrison (6-3 e 6-2), o uruguaio Pablo Cuevas (4-6, 7-5 e 6-0), o espanhol David Ferrer por 6-2 e 7-6(6) e o austríaco Jürgen Melzer (6-4, 3-6 e 6-4) antes de bater o francês na final. A maior proeza foi o sucesso frente a Ferrer, número 4 mundial, mas Melzer é o 26º e Benneteau o 33º, ou seja, todos estavam bem à frente do português na classificação mundial.

"Estava um bocadinho nervoso no set inicial"

Cansado pelo esforço desenvolvido não só nas mais de duas horas do duelo com Benneteau, mas também nas últimas duas semanas, quando chegou às meias-finais em São Petersburgo e agora venceu na Malásia, Sousa resumiu: "Estava um bocadinho nervoso no set inicial, mas consegui dar a volta, recuperar e, depois, terminei a praticar um ténis de bom nível", confessou o tenista português. 

Sobre a dimensão da proeza, o vimaranense mostra-se sereno. "Tenho a consciência de que se trata de um feito inédito, não apenas para mim, mas para o ténis português que, desta forma, se destaca a nível mundial. Portugal entra na alta roda da modalidade no plano mundial, mas analiso a situação com humildade e espero continuar a dar alegrias ao desporto português." Quanto à falta de apoios, Sousa espera que isso possa "ser alterado", não apenas no seu caso, mas também "para o ténis português em geral".

O treinador, Frederico Marques, sublinhou o "enorme orgulho" no pupilo, apontou o "potencial enorme" como principal responsável por este sucesso histórico e falou sobre a necessidade de ajudar "todos os que têm potencial para chegar a um nível elevado como sucede com o João".

 fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 19:42 | comentar | favorito
tags:
19
Mai 13

Pimenta e Silva com medalha de ouro

Olímpicos ganharam prova da Taça do Mundo na República Checa.

Os canoístas Fernando Pimenta e Emanuel Silva, medalhados com a prata nos Jogos Olímpicos de Londres no ano passado, conquistaram o ouro na prova de K2 500 metros na Taça do Mundo em Racice, na República Checa. Na semana passada, Pimenta e Silva ganharam a medalha de bronze na mesma prova da Taça do Mundo realizada na Hungria.

Depois da prata na prova de K4 1.000 metros em que tinham estado envolvidos na véspera, os canoístas portugueses impuseram-se a russos e sérvios, tripulações que fecharam o pódio. A olímpica Teresa Portela classificou-se em quarto lugar na prova de K1 200 metros.

Recorde-se que o Europeu da modalidade realiza-se, pela primeira vez, em Montemor-o-Velho entre os próximos dias 14 e 16 de Junho.

 fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 22:49 | comentar | favorito
03
Mar 13

Sara Moreira vence ouro nos 3 mil metros

A atleta portuguesa Sara Moreira conquistou hoje o primeiro lugar na final dos 3 mil metros de pista coberta, no campeonato europeu de Atletismo que decorre em Gotemburgo, na Suécia.

Com um tempo recorde de 8.58,50 minutos, a atleta lusa venceu a prova isolada. Dois segundos à frente da segunda classificada, a alemã Corinna Herrer. O terceiro lugar ficou para a irlandesa Fionnuala Britton.

A hoje consagrada campeã europeia já tinha conseguido a prata em 2009. E em 2011 não conseguiu um melhor resultado em Paris devido a um problema na inscrição.

Sara Moreira conquista assim um feito apenas conseguido por uma outra atleta portuguesa: Fernanda Ribeiro, em 1994 e 1996.

fonte:SOL

publicado por adm às 17:00 | comentar | favorito
01
Jul 12

Europeus - Dulce Félix campeã nos 10.000 metros

A portuguesa Ana Dulce Félix é a nova campeã da Europa dos 10.000 metros, ao triunfar hoje na prova disputada em Helsínquia.

A atleta portuguesa ganhou em 31.44,88 minutos, com o pódio a ser completado com a britânica Jo Pavey e a ucraniana Olha Skrypak.

Ana Dulce Félix, de 29 anos, que é a atual vice-campeã europeia de corta-mato e consegue em Europeus de pista a 11 medalha de ouro para Portugal.

fonte:http://www.destak.pt/

publicado por adm às 17:03 | comentar | favorito
tags: