'Saldos' no Benfica fazem mais uma vítima

Sete anos depois de ter chegado à Luz, o melhor marcador estrangeiro na história do Benfica fez as malas para a Turquia por apenas quatro milhões de euros. E consoante o rendimento do avançado paraguaio, o negócio pode chegar aos 5,65 milhões. Um montante que parece, à partida, acessível para o Trabzonspor garantir os serviços do 'matador' das 'águias', que em 295 jogos apontou 172 golos.

"Graças a Deus marquei muitos golos e alcancei muitos títulos para o clube. Na Europa não ganhámos, mas chegámos a finais que todos queriam jogar", afirmou Cardozo à BTV, o canal do clube, na hora da despedida.

"Saio um pouco triste. Vivi aqui muitas coisas lindas, com os meus colegas, presidente, adeptos e com a minha família. E depois Lisboa é uma cidade muito linda, tem um bom clima e adorei as pessoas. E por isso estou triste... Mas a vida é assim e não podemos fazer nada", acrescentou o avançado, de 31 anos, que ainda apontou a mira ao balanço da sua carreira nos 'encarnados'.

"Não esperava ter marcado tantos golos, nem entrar na história do Benfica com tantos recordes", concluiu.

Esta é mais uma saída de peso no plantel dos campeões nacionais, depois das vendas de Garay, Markovic e Oblak e as 'cedências' de Rodrigo e André Gomes.

Leia o comunicado do Benfica sobre a transferência de Cardozo:

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com o Trabzonspor A.S. para a transferência a título definitivo dos direitos desportivos do atleta Óscar Rene Cardozo Marin, pelo montante de € 5.000.000 (cinco milhões de euros). A parcela atribuível à Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, representando 80% dos direitos económicos do referido atleta, ascende a € 4.000.000 (quatro milhões de euros).

Mais se informa que no acordo estão previstos valores adicionais num montante global de € 1.650.000 (um milhão seiscentos e cinquenta mil euros), dependentes da concretização de objectivos desportivos."

 

fonte:http://www.sol.pt/n

publicado por adm às 23:00 | comentar | favorito
tags: