Pingo Doce vai abrir 50 lojas em franchising nos próximos seis anos

O Pingo Doce deverá abrir mais 50 lojas nos próximos cinco a seis anos, fora dos grandes centros urbanos de Lisboa e Porto, mas numa lógica de franchising. 

A ideia é garantir uma maior proximidade aos consumidores, envolvendo parceiros locais. 

O anúncio foi feito esta tarde pelo presidente do Conselho de Administração da Jerónimo Martins, durante a apresentação do novo centro de distribuição do Grupo, em Algoz, no Algarve. 

São os planos, apesar da crise, revelou Pedro Soares dos Santos, que aproveitou ainda a conferência de imprensa para sugerir um perdão ou uma renegociação da dívida por parte do Estado. 

O Centro de Distribuição da Jerónimo Martins em Algoz, no concelho de Silves, envolveu um investimento de 27 milhões de euros e criou cerca de 220 postos de trabalho, 130 directos. Até ao fim do ano, o Grupo deverá inaugurar mais um centro na zona do grande Porto, o que envolve mais 50 milhões de euros de investimento. 

Na conferência de imprensa Pedro Soares dos Santos criticou também a lei anti-dumping que, na sua opinião e da forma como está pensada, só vai tornar os maiores e mais fortes ainda mais poderosos, ao contrário do que o Governo dizia querer. 

O dirigente mostra-se preocupado com o facto de em Portugal os produtos alimentares serem mais caros do que na Alemanha ou outros países europeus. O Governo foi novamente o alvo, como foi também no que toca à Taxa de Segurança Alimentar. O Pingo Doce discorda da taxa e não a vai pagar, disse Pedro Soares dos Santos 

O presidente do Conselho de Administração da Jerónimo Martins revelou que 2014 arrancou bem, em termos de negócios mas graças a uma deflação de cerca de 5%, obtida com as promoções. 

Apesar do Executivo falar em retoma, Soares dos Santos diz que, por enquanto, ainda não se vê as pessoas a comprar mais e gastar mais, provavelmente, porque além de terem menos dinheiro, com o aumento da fiscalidade, também estão a mudar hábitos de consumo.

 

fonte:http://rr.sapo.pt/in

publicado por adm às 22:10 | comentar | favorito