Peugeot-Citroën de Mangualde acaba com 280 postos de trabalho

O Centro de Produção de Mangualde do Grupo PSA - Peugeot Citroën anunciou esta quinta-feira a supressão do terceiro turno, a partir de 25 de Julho, e a consequente redução de 280 postos de trabalho, devido a um ajustamento da actividade produtiva.

Em Fevereiro de 2013, foi anunciado o relançamento do terceiro turno, que seria criado a partir de Abril desse ano e funcionaria "por um período mínimo de nove meses"(até Dezembro). O terceiro turno de trabalhadores acabou por durar 16 meses em vez dos nove inicialmente previstos.

"O lançamento deste turno em Mangualde resultou do aproveitamento de uma oportunidade que sabíamos ser transitória, por se prender com o facto de a fábrica de Vigo do Grupo PSA registar naquela altura uma produção excepcional e temporária, inerente à fase de lançamento dos modelos Citroën C-Elysée e Peugeot 301", refere a empresa, em comunicado.

O director financeiro da empresa, Elísio Oliveira, em declarações à Renascença, referiu que “em função da evolução do mercado” a empresa está “atenta” a futuras contratações destes elementos e “não será surpresa se no futuro voltarmos a retomar à terceira equipa”.

fonte:http://rr.sapo.pt/i

publicado por adm às 20:38 | comentar | favorito
tags: