Marques Mendes pede urgente remodelação do Governo

Passos Coelho devia pensar muito seriamente em fazer uma remodelação governamental até ao verão". O antigo ministro do PSD considerou ontem, no seu comentário na SIC, que a situação política exige "novas caras". E esclarece: "dantes era recomendável, agora é obrigatório!".

 

Quem remodelar?, não disse. Mas disse que se o líder do PSD não o fizer "nos próximos dois meses, vai arrepender se".

Quanto à postura de António Costa: "Era inevitável". Os resultados eleitorais das Europeias mostraram, segundo Marques Mendes, que os portugueses disseram que "não gostam" do Governo, mas também não afirmaram que gostam do PS. "António Costa jogou na antecipação" e no entender de Mendes "tem condições para aspirar a uma maioria absoluta. Seguro não". E sublinhou que o resultado de 31% "é quase uma derrota".

O atual Presidente da Câmara de Lisboa, e há muitos anos na lança de rampamento para outros voos, é "intuitivo". Seguro "não é alternativa a primeiro ministro. Já António Costa é", na opinião de Marques Mendes. António José Seguro esteve "três anos e não se afirmou como alternativa. Aquela gente à volta dele é muito imberbe", desdenhou.

O antigo líder do PSD diz que Seguro está com medo, pois se quer eleições antecipadas, por que razão não aceita no seu"próprio partido?.

 fonte:http://www.jn.pt/Pa
publicado por adm às 10:39 | comentar | favorito