Mandatário de Edgar Silva lamenta tanta abstenção

O mandatário nacional da candidatura presidencial de Edgar Silva afirmou este domingo que a organização do concorrente apoiado pelo PCP fez "tudo ao alcance" para mobilizar o eleitorado, ao contrário de outras, lamentando assim a alta abstenção projetada. "[São níveis de abstenção] consideravelmente altos, tendo em conta que se situam quase no máximo em relação à abstenção verificada no último ato eleitoral... correspondendo àquilo que algumas candidaturas fizeram ou não fizeram no sentido esclarecer e mobilizar", criticou José Ernesto Cartaxo. Para o antigo presidente da Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira e ex-membro do Comité Central do PCP a candidatura "fez tudo o que esteve ao seu alcance, com o candidato, os mandatários distritais e concelhios, quadros do partido, militantes e outros para esclarecer, mobilizar, organizar as pessoas para o voto, procurando incutir a importância deste ato eleitoral e o significado que assume num contexto em que é preciso valorizar os valores de Abril e concretizar e cumprir a Constituição". "É mau que haja tanta abstenção, mas pela nossa parte temos a sensação do dever cumprido. Fizemos tudo quanto estava ao nosso alcance, por forma a que [o eleitorado] exercesse o seu direito de voto", concluiu, recusando analisar qual o candidato mais beneficiado com a baixa taxa de participação. O deputado regional madeirense Edgar Silva chegou por volta das 16h30 ao centro de trabalho comunista da avenida da Liberdade, em Lisboa, após voar desde o Funchal, onde votou pelas 10h30.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/

publicado por adm às 20:20 | comentar | favorito