CTT arrancam esta semana com as Lojas do Cidadão

Empresa iniciou projecto-piloto em cerca de 20 lojas para instalação de espaços onde vai ser possível renovar a carta de condução ou pedir certidões prediais.

Os CTT arrancaram esta semana com o projecto-piloto em cerca de 20 lojas para instalação de espaços dedicados à Loja do Cidadão.

Este projecto-piloto decorre de um acordo assinado o ano passado entre os CTT e o Governo português para a instalação de espaços da Loja do Cidadão na rede de lojas da empresa liderada por Francisco Lacerda.

"Prosseguem os trabalhos conjuntos, tendo o projecto-piloto arrancado esta semana. Convém referir que o modelo económico de funcionamento, as questões operacionais e o investimento necessário terão ainda de ser acordados entre as partes", refere o comunicado dos CTT hoje divulgado referente aos resultados do ano passado.

Com estes espaços da Loja do Cidadão será possível ir às lojas dos CTT para renovar a carta de condução, pedir declarações da Segurança Social, certidões do registo predial ou a isenção do IMI - Imposto Municipal sobre Imóveis ou inscrever alunos nas escolas.

Das 20 lojas que integram este projecto-piloto, a instalação de espaços da Loja do Cidadão irá alargar-se progressivamente a todas as lojas dos CTT.

"O Estado pretende instalar cerca de mil espaços da Loja do Cidadão em todo o País, sendo os CTT o principal parceiro, com as suas 623 lojas", sublinha o documento citado.

A 31 de Dezembro do ano passado, os CTT dispunham de 2.443 lojas, sendo 623 lojas próprias e 1.820 lojas em parceria, mais conhecidas como postos de correio.

"Em 2013, o redimensionamento da rede para adaptação aos actuais níveis de procura envolveu o encerramento de 125 lojas próprias cujo funcionamento foi transferido para 89 novos postos de correio criados durante o ano e para outras lojas", revela o referido comunicado dos CTT.

Além das 2.443 lojas, os CTT tinham no final do ano passado 285 centros de distribuição postal e operavam 3.465 veículos.

fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 22:53 | comentar | favorito