Cavaco exonerou consultores que assinaram "manifesto dos 70"

Cavaco Silva exonerou dos seus cargos de consultores da Presidência da República o ex-ministro da Agricultura Sevinate Pinto e o antigo secretário de Estado Vítor Martins, a pedido dos próprios. Segundo fonte oficial de Belém, os dois subscritores do manifesto que apela à reestruturação da dívida pública não deram conhecimento prévio do documento ao presidente da República nem ao chefe da Casa Civil.

 
 

Fonte de Belém confirmou, assim, a notícia avançada nosite do semanário "Expresso"sobre a exoneração dos dois consultores do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, que tinham assinado o "manifesto dos 70", que defende a reestruturação da dívida portuguesa.

O antigo ministro da Agricultura Sevinate Pinto desempenhava o cargo de consultor para a Agricultura e Vítor Martins, que foi secretário de Estado dos Assuntos Europeus num dos Governo e Cavaco Silva, era consultor para os Assuntos Europeus.

Manuela Ferreira Leite, Bagão Félix, Francisco Louçã e Carvalho da Silva são algumas das 70 personalidades que assinaram um manifesto a apelar à reestruturação da dívida pública, que é uma posição contrária à defendida por Cavaco Silva.

O presidente da República afirmou, em outubro de 2013, que a dívida pública era sustentável e falar na sua reestruturação seria um ato de "masoquismo". A mesma ideia foi reiterada, esta quarta-feira, pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, que citou o chefe de Estado para voltar a criticar duramente o apelo deste manifesto.

fonte:http://www.jn.pt/Pa

publicado por adm às 22:23 | comentar | favorito