Ordem dos Médicos quer menos obrigatoriedade de atestados para aliviar centros de saúde e combater fraude

O bastonário da Ordem dos Médicos defendeu hoje que acabar com a obrigatoriedade de atestado médico para ausência do trabalho por doenças como gripe pode aliviar a pressão sobre os centros de saúde e ajudar a combater as fraudes.

Em declarações aos jornalistas à margem de uma cerimónia de atribuição de prémios de mérito a estudantes do secundário, José Manuel Silva afirmou que a Ordem vai fazer "um grupo de trabalho" para estudar "o enquadramento jurídico do atestado".

A ideia é que deixe de ser obrigatório apresentar um atestado por ausência ao trabalho de poucos dias motivada por doenças como "gripe ou gastroenterite".

fonte:Lusa

publicado por adm às 22:14 | comentar | favorito
tags: