Doentes podem poupar 15 milhões de euros em remédios no próximo ano

O Governo alterou os países de referência com que Portugal se compara para definir os preços dos medicamentos.

No próximo ano os preços dos medicamentos vendidos nas farmácias serão definidos tendo em conta os preços praticados em três outros países da União Europeia: Eslovénia, Espanha e França (anteriormente eram a Eslováquia, Espanha e França). Esta alteração, que no fundo só contempla a troca da Eslováquia pela Eslovénia, poderá permitir aos utentes poupar um total de 15 milhões de euros em 2014 e ao Estado conseguir uma poupança de 23 milhões, segundo a estimativa do Infarmed.

Numa nota enviada às redacções, a Autoridade do Medicamento acrescenta que "poupanças adicionais poderão ser geradas com a entrada de novos medicamentos genéricos no mercado no próximo ano uma vez que, aquando da sua entrada no mercado, o seu preço é automaticamente 50% inferior ao medicamento de referência".

Ainda estão a ser apurados os países de referência para os medicamentos usados em meio hospitalar, "o que contribuirá também para a redução de encargos do SNS com estes medicamentos", acrescenta o Infarmed.

 fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 22:52 | comentar | favorito
tags: