Quase 400 mil consumidores já passaram para o mercado liberalizado de gás

Desde o início de 2010, que os clientes domésticos podem escolher o comercializador de gás, entre as cinco empresas que operam agora neste mercado. Actualmente, cerca de 92% do consumo já é feito através do mercado livre.


Quase 400 mil consumidores já passaram para o mercado liberalizado de gás natural, onde podem escolher o fornecedor. As contas foram avançadas esta quarta-feira pelo presidente da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos. Segundo Vítor Santos, 92% do consumo já é feito através do mercado livre. 

Desde o início de 2010, que os clientes domésticos podem escolher o comercializador de gás, entre as cinco empresas que operam agora neste mercado. 

Na electricidade também continuam a aumentar os consumidores no mercado livre, só em Agosto registaram-se 68 mil clientes novos. Esta é uma fase de transição, sendo que o processo de liberalização termina em 2015. 

Há problemas de concorrência no mercado ibérico de gás 
O secretário de Estado da Energia admite existirem problemas de concorrência no mercado ibérico de gás natural. 

Segundo Artur Trindade, o gás natural está mais atrasado do que a electricidade. A diferente escala dos operadores, as quotas de mercado e as barreiras às trocas entre os dois países são superiores neste mercado. 

O secretário de Estado garante que os governos de Portugal e Espanha partilham o diagnóstico e, em breve, serão apresentadas medidas. Artur Trindade defende ainda que a Península Ibérica pode exigir mais da Europa nesta matéria, porque tem feito mais pela concorrência neste mercado que a União Europeia.

fonte:http://rr.sapo.pt/in

publicado por adm às 22:08 | comentar | favorito