Só 10% dos portugueses dizem não ter sido afectados pela crise

No estudo Transatlantic Trends, 70% dos portugueses que responderam ao inquérito dão nota negativa à forma como o Governo tem gerido a crise económica.


Portugal é o país europeu onde a população se considera mais afectada pela crise económica. É uma das conclusões da sondagem Transatlantic Trends 2013, onde 90% dos portugueses inquiridos dizem ter sido pessoalmente afectados pela crise. 

No estudo, divulgado esta quarta-feira, 70% dos portugueses que responderam ao inquérito dão nota negativa à forma como o Governo tem gerido a crise económica. Só 10% da população portuguesa admite não ter sido afectada pela crise. 

Os outros 90% batem largamente a média europeia. A sondagem Transatlantic Trends deste ano revela que 65% dos europeus responderam afirmativamente quando lhes foi perguntado se a crise económica afectou directamente as suas vidas. Nos Estados Unidos, a mesma pergunta recebeu 75% de respostas afirmativas. 

Mas Portugal não é apenas o país que se considera mais afectado pela actual conjuntura. É também o país onde 70% dos inquiridos defendem uma redução das despesas do Estado. 

Exactamente a mesma percentagem que dá nota negativa ao Governo na gestão da crise. Neste particular, o estudo chama também a atenção para a viragem de opinião em França, um país que até há bem pouco tempo alinhado com a opinião da Alemanha e dos países do norte da Europa: aqui a taxa de reprovação do governo na gestão da crise subiu dos 57% em 2012 para 74% em 2013. 

Tendência oposta verifica-se em países como a Alemanha ou a Suécia. Neste último caso, 70% dos suecos não se sentem afectados pela crise. 

Quanto à avaliação das virtudes do projecto europeu, o estudo confirma que a crise condiciona a forma dos portugueses olharem para a União Europeia e para a moeda única. 

Se em 2012, 69% dos inquiridos tinham um olhar favorável à União, na sondagem deste ano são 49%. Também aqui abaixo da média europeia, estacionada nos 57%. 

fonte:http://rr.sapo.pt/

publicado por adm às 22:15 | comentar | favorito
tags: