Chamadas fixas podem ficar mais baratas

As chamadas fixas podem ficar mais baratas, depois de a Portugal Telecom ter perdido pela primeira vez o serviço universal de telecomunicações, em concurso público imposto pela Comissão Europeia. A Optimus e a Zon passam agora a garantir o serviço. Para os clientes mantem-se para já tudo na mesma, mas fontes do mercado admitem que a concorrência vai aumentar, assim como as opções. 

Os telefones fixos não vão deixar de tocar, nem a internet vai deixar de funcionar. A alteração é ao nível de operadoras. Na prática, a responsabilidade por garantir que o serviço chega às casas portuguesas passa da Portugal Telecom para a Optimus, no Norte e Centro do país, e para a Zon a Sul. 

Nos tarifários nada muda, pelo menos por enquanto. Os clientes não são transferidos entre operadoras, os custos do serviço são acertados entre elas. Ou seja, se a Optimus ou a Zon quiserem agora captar novos consumidores vão ter que apresentar uma oferta melhor, porque a decisão é sempre do cliente. 

Fonte do regulador explica que os preços do serviço universal fixo são regulados, tendo em conta diversas variáveis, como os custos, mas têm que ser sempre aprovados pela Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM). 

A Optimus já veio defender que a proposta que apresentou diminui os custos do serviço, com vantagens para o país. 

No mercado dizem que é cedo para retirar conclusões, mas o pior cenário esperado é que não haja alterações nos preços. Com o aumento da concorrência, a expectativa dos agentes é que os consumidores possam sentir algum alívio na factura. 

A Optimus venceu o concurso no Norte e Centro do país, por sete milhões de euros, a ZON vai pagar quase cinco milhões para prestar o serviço fixo a Sul. A Portugal Telecom mantém os postos públicos, por mais de 12 milhões, e ainda recebe 33 milhões de indemnização pela revogação do contrato.

fonte:http://rr.sapo.pt/i

publicado por adm às 23:30 | comentar | favorito