Falar ao telemóvel em Portugal pode ser considerado um luxo

"Portugueses pagam quase sempre o dobro ou o triplo se formos comparar com os ingleses ou os franceses, que têm os custos mais baixos”, segundo estudo da Deco.

Falar ao telemóvel em Portugal pode ser considerado um luxo se compararmos os tarifários de oito países europeus. Os portugueses são aqueles que têm a factura mais pesada, segundo um estudo da DECO, a que a Renascença teve acesso. 

“Os tarifários mais baratos em Portugal são os mais caros dos oito países que analisámos”, explicaTito Rodrigues, técnico da Deco/Proteste. 

Além dos tarifários foram também analisados preços das comunicações em Espanha, França, Bélgica, Itália, Alemanha, Reino Unido e Holanda. 

Segundo Tito Rodrigues, dos perfis de utilizador analisados – utilizador ocasional, médio e intensivo - “os portugueses pagam quase sempre o dobro ou o triplo se formos comparar com os ingleses ou os franceses, que têm os custos mais baixos”. 

Face a este retrato, a Deco defende a criação de um mercado único de comunicações, com benefício para “todos os consumidores finais dos diferentes países”. 

As conclusões do estudo da Associação para a Defesa dos Consumidores devem chegar esta sexta-feira à Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) e podem ser lidas na edição de Julho da revista Deco/Proteste.

fonte:http://rr.sapo.pt/

publicado por adm às 22:29 | comentar | favorito