Chelsea vence Liga Europa com golo ao cair do pano

Perante o Benfica, a equipa inglesa garantiu o triunfo na Liga com um golo no segundo minuto dos descontos apontado por Ivanovic, após um canto.


O Benfica voltou a somar uma derrota nos descontos, ao perder diante do Chelsea por 2-1 na final da Liga Europa, com o golo decisivo a surgir por Ivanovic, no segundo minuto dos descontos.

O Benfica, que vinha de uma derrota diante do FC Porto, que também aconteceu nos descontos e que deixou os encarnados na vice-liderança da Liga, assumiu as despesas do encontro e poderia ter chegado à vantagem aos dois minutos por Cardozo.

Ao quarto de hora, os encarnados voltaram a estar perto de se adiantarem no marcador, no entanto, Rodrigo não foi capaz de desfeitear o guardião checo Petr Cech.

O Chelsea respondeu aos 27 minutos por Oscar e, aos 38 minutos, vaqleu uma grande defesa de Artur a remate de Lampard para que o resultado se mantivesse no "nulo".

No segundo tempo, o bola ainda entrou na baliza da equipa inglesa, aos 52 minutos, contudo, o golo de Cardozo foi anulado por fora de jogo.

Aos 59 minutos, a equipa inglesa inaugurou mesmo o marcador por intermédio de Fernando Torres, num lance em que o avançado espanhol recebeu a bola do guardião Petr Cech.

Contudo, os encarnados acabariam por chegar ao empate na conversão de uma grande penalidade por Cardozo, nove minutos depois, isto depois de Azpilicueta ter tocado com a mão na bola na grande área.

O avançado paraguaio do Benfica teve uma excelente oportunidade para colocar os encarnados na frente, no entanto, Cech desviou, com uma grande defesa, o remate de Cardozo, aos 82 minutos.

Seis minutos depois, Lampard deu o aviso e remate ao "ferro" da baliza de Artur, com os encarnados a responder, na jogada seguinte, com um remate por cima de Lima.

Quando todos já esperavam o prolongamento, o sérvio Ivanovic cabeceou após canto da direita e acabou por colocar os ingleses na frente, deixando já pouco tempo para os encarnados reagirem.

Na resposta, Cardozo esteve muito perto de bisar e de levar o jogo para o prolongamento, contudo, Cech afastou a bola e assegurou o triunfo da equipa inglesa.

Com este triunfo, o Chelsea tornou-se o primeiro clube inglês a vencer os três maiores troféus da UEFA, igualando o feito que já tinha sido conseguido pelo Ajax, Bayern de Munique e Juventus.

Por outro lado, este foi o primeiro troféu conquistado por Rafael Benitez como técnico do Chelsea.

Sob a arbitragem de Bjorn Kuipers, da Holanda, na Arena de Amesterdão, com a assistência de 46163 espectadores, as equipas alinharam da seguinte forma:

Benfica: Artur; André Almeida, Luisão, Garay (Jardel, 78) e Melgarejo (Ola John, 66); Enzo Pérez, Matic e Rodrigo (Lima, 66); Gaitan, Cardozo e Salvio.

Suplentes: Paulo Lopes, Aimar, Lima, Ola John, Urreta, Jardel e André Gomes.

Chelsea: Cech; Azpilicueta, Ivanovic, Cahill e Cole; Ramires, Lampard, Mata, David Luiz e Oscar; Torres.

Suplentes: Turnbull, Obi Mikel, Moses, Paulo Ferreira, Marko Marin, Benayoun e Nathan Aké.

Ação disciplinar: cartão amarelo para Oscar (14), Garay (45) e Luisão (62).

 

fonte:http://www.tsf.pt/P



publicado por adm às 22:32 | comentar | favorito