Isaltino Morais foi detido para cumprir pena de prisão

O presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, foi detido e deverá começar a cumprir a pena de prisão efectiva de dois anos a que foi condenado por branqueamento de capitais e fraude fiscal. 

A notícia está a ser avançada pela SIC Notícias, que refere que o autarca se encontra no estabelecimento prisional junto à Polícia Judiciária em Lisboa, não se sabendo se vai ou não manter-se ali - pela Internet já corre um site Isaltinoaindaestapreso.info que vai contabilizando o tempo que o autarca permanece na prisão e satiriza com as anteriores 23 horas de detenção.

Isaltino Morais foi condenado em 2009 a sete anos de prisão e à perda de mandato autárquico, por fraude fiscal, abuso de poder e corrupção passiva para ato ilícito e branqueamento de capitais.

Em julho de 2010, a Relação de Lisboa decidiu anular as penas de perda de mandato e abuso de poder e reduziu a prisão efetiva para dois anos pelos crimes de branqueamento de capitais e fraude fiscal.

Isaltino Morais tem ainda pendente um recurso extraordinário no Supremo Tribunal de Justiça, para fixação de jurisprudência por existência de dois acórdãos alegadamente contraditórios do Tribunal da Relação de Lisboa, mas esta diligência não tem efeitos suspensivos. No entanto, esta diligência não tem efeitos suspensivos.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/

publicado por adm às 21:52 | comentar | favorito