Noruega quer construir o primeiro túnel do mundo para navios

O governo da Noruega anunciou que quer construir o primeiro túnel no mundo para navios, com o objectivo de ajudá-los a navegar por uma secção instável da costa sudoeste do país.

O plano em 10 anos do governo norueguês irá reservar mil milhões de coroas norueguesas (133 milhões de euros) para a construção do túnel marítimo de Stad, o nome da península da Noruega conhecida pelos seus ventos fortes e águas agitadas.

A via de passagem para os barcos terá 1,7 quilómetros e será construída numa parte da encosta montanhosa da península, ligando duas grandes entradas do mar entre altas montanhas rochosas, marcas características da costa da Noruega.

“O projecto irá ajudar a melhorar a segurança e a navegabilidade” na região, disse o governo.

Com um custo estimado em 1,6 mil milhões de coroas norueguesas, a construção está prevista começar o mais cedo em 2018 e a obra irá levar quatro anos a ser realizada.

O governo norueguês não tornou claro de que forma os custos que excedem as mil milhões de coroas norueguesas, fornecidas pelo governo, seriam financiadas.

Já existem túneis para barcaças, como o Canal do Midi em França, mas o túnel de Stad será o primeiro no mundo capaz de acomodar cargas de grande porte e navios de passageiros até 16,000 toneladas.

“Será o primeiro túnel no mundo que poderá ser usado por grandes barcos como navios cargueiros ou o ‘Coastal Express’”, o navio turístico que percorre a costa norueguesa, disse Ottar Nygaard, presidente da pequena localidade de Selje e responsável pelo projecto.

De acordo com um recente estudo realizado pela empresa especializada Nordvest Fjordservice, nas águas da península de Stad ocorreram 46 acidentes e 33 mortes desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

fonte;Lusa/SOL

publicado por adm às 23:17 | comentar | favorito