Os 12 passos para aderir ao leilão da electricidade

Desde a adesão à conclusão do contrato, conheça os principais passos a seguir, bem como quais são os principais entraves e exclusões.

1. Como é feita a inscrição?
Basta ir ao portal www.paguemenosluz.pt e preencher os campos referidos (nome, e-mail e telefone) e validar a inscrição. Para obter uma proposta mais personalizada, a Deco aconselha a preencher também alguns dados sobre o contrato actualmente em vigor como a potência contratada, o tipo de tarifário (simples, bi-horário ou tri-horário), os consumos, o fornecedor actual, entre outros.

2. Quem pode participar? 
O leilão está aberto a todos os consumidores que residam no Continente (nas regiões autónomas não existe ainda mercado liberalizado), desde que se tratem de clientes particulares com potência contratada até 20,7 kVA.

3. Durante quanto tempo dura o leilão? 
O período de inscrição decorre até 30 de Abril de 2013. Após a realização do leilão, com base na informação fornecida pelo consumidor, a Deco calcula a despesa com electricidade e informa-o da poupança que poderá ser obtida com a proposta de tarifa facultada pelo fornecedor que vencer o leilão. A associação de consumidores compromete-se a comunicar o resultado do leilão e as informações personalizadas a partir de 15 de Maio. Após essa data, cabe a cada consumidor aceitar ou recusar a proposta até 30 de Junho.

4. Quem se inscrever, tem de mudar de fornecedor? 
Ninguém é obrigado a mudar de fornecedor apenas por ter procedido à inscrição no leilão. Depois de chegar a acordo com um fornecedor de energia, a Deco entra em contacto com o consumidor para apresentar a estimativa personalizada de poupança da proposta apresentada pelo fornecedor vencedor. Ao consumidor compete decidir se aceita ou não mudar para aquele operador.

5. É possível participar com mais do que um imóvel? 
Quem for proprietário de vários imóveis, pode participar com todos no leilão. Contudo, terá de fazer uma inscrição para cada um deles.

6. Como é elaborada a proposta a apresentar a cada consumidor? 
Esta baseia-se na informação prestada por cada consumidor. Com base na tarifa actual, a Deco calcula quanto o consumidor gastaria nos 12 meses após o leilão e compara esse valor com o que seria pago caso fosse escolhida a tarifa vencedora do leilão. A associação de consumidores aconselha a que sejam preenchidos todos os campos do formulário de inscrição para que resulte a melhor proposta possível. Por exemplo, no caso de não ser preenchido o campo do consumo apenas poderá ser apresentado um valor de poupança aproximado.

7. Quem tiver um contrato duplo de fornecimento de electricidade e gás também pode participar? 
O leilão apenas abrange o fornecimento de electricidade. Quem tiver o fornecimento de electricidade e gás contratado à mesma entidade está abrangido por um contrato específico pelo que não está enquadrado nesta oferta.

8. Como se processa a mudança de fornecedor no âmbito do leilão?
No e-mail que é enviado a cada consumidor após o leilão há uma ligação para a respectiva oferta personalizada. No caso de estar interessado, basta seguir os passos indicados, fornecer alguns dados pessoais e "enviar o pedido". A inscrição 
é enviada ao novo fornecedor que se ocupa do processo de transferência de operador e da comunicação da data de entrada em vigor do novo contrato.

9. Quando é que o novo contrato entra em vigor? 
Desde que as informações constantes no pedido de mudança estejam correctas, a activação ocorre no prazo máximo de três semanas a contar do pedido. Trata-se do prazo necessário para que o fornecedor actual e o novo possam proceder
à alteração.

10. O que acontece passados 12 meses?
Antes do contrato caducar, o fornecedor de electricidade propõe um novo contrato com uma tarifa diferente. A Deco aconselha o consumidor a verificar se a tarifa proposta é interessante face à oferta disponível no mercado.

11. Após aceitar a proposta vencedora, é possível anulá-la? 
O fornecedor que vencer o leilão envia uma carta com as condições do contrato. A partir desse momento, o consumidor dispõe de 14 dias consecutivos para cancelar o contrato.

12. Quem contactar para o esclarecimento de dúvidas? 
É possível contactar o serviço de informação da Deco de segunda a sexta, das 9 às 13 horas e das 14 às 18 horas através do telefone 808 780 050 ou do 218 410 890, para quem ligar 
do telemóvel.

fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 22:27 | comentar | favorito