CTT cortam 11% dos postos de trabalho

Entre o final de 2011 e durante 2012 a empresa avançou com a reorganização da estrutura que ditou a saída de mais de 1.500 trabalhadores.

A administração dos CTT Correios de Portugal explica em comunicado que prosseguiu a adaptação do capital humano à evolução do negócio postal, o que implicou que no último ano tenha rescindido com 1.534 colaboradores em Portugal, o que corresponde a 11% do total dos postos de trabalho.

Com esta reorganização, a empresa fechou 2012 com 12.413 colaboradores no território português, de um total de 12.956.

No mesmo comunicado, o presidente dos CTT justifica que esta reorganização pretende "dar mais eficácia ao funcionamento da organização e teve por base princípios de eficiência e racionalização, em especial das áreas centrais corporativas e de serviços partilhados".

A empresa explica ainda que a redução de colaboradores resulta de 708 reformas e aposentações, da não renovação de 521 contratos a prazo, de 163 acordos de pré-reforma e equivalentes, de 58 rescisões por mútuo acordo e de 84 por razões diversas.

Os CTT extinguiram 98 cargos de chefias, equivalentes a mais de 22% das existentes, o que permitiu reduzir 215 veículos de uso pessoal, 51% do total existente, e conseguir uma poupança de um milhão de euros.

 fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 21:33 | comentar | favorito
tags: