Portugal paga 4,891 por cento por 2,5 mil milhões de dívida

O Estado pagará uma taxa de juro de 4,891 por cento pelos 2,5 mil milhões de euros de dívida a cinco anos colocada nesta quarta-feira, tendo colocado 93 por cento do total junto de investidores estrangeiros, indicou a secretária de Estado do Tesouro, Maria Luís Albuquerque, numa conferência de imprensa.


A governante indicou ainda que 30 por cento do valor foi colocado no mercado dos EUA, outros 30 por cento no Reino Unido, nove por cento na Alemanha, Áustria e Suíça, nove por cento na Ásia e quatro por cento em França. Em Portugal ficam os restantes sete por cento.

Foram 289 os investidores que colocaram ordens no livro, que superou os 12 mil milhões de euros, sendo que 60 por cento do valor foi colocado junto de fundos, 22 por cento de 'hedge funds', nove por cento em bancos e quatro por cento em investidores como os fundos de pensões.

A secretária de Estado do Tesouro disse que o Estado não precisava desta emissão para satisfazer necessidades de financiamento e que o resultado da operação é um sinal de que os "elevados custos e sacrifícios exigidos aos portugueses" estão a dar resultados.

"É um sinal claro que a estratégia que tem vindo a ser seguida, com os elevados custos e sacríficos para todos portugueses, produz resultados. Hoje podemos dizer que temos mais razões para estar confiantes", afirmou na conferência de imprensa, na qual o Governo apresentou os resultados da colocação.

Segundo Maria Luís Albuquerque, o Estado não tinha necessidade de realizar esta emissão para satisfazer as necessidades de financiamento deste ano.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/


publicado por adm às 20:45 | comentar | favorito