Portugal é o 5º maior exportador de jogadores de futebol do mundo

Segundo um estudo do observatório de futebol do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES), o campeonato português é o quinto principal exportador de jogadores do mundo, numa lista encabeçada pelo Brasil.

O estudo desportivo relativo à Europa revela que os campeonatos de leste são aqueles que mais têm atraído jogadores, com a Roménia e a Bulgária como principais destinos, e onde Portugal se encontra no sexto lugar.

 

Em relação à formação de jogadores, a Suiça, a Eslováquia e a Croácia são os países que têm apostado mais na formação de jogadores, e onde Portugal aparece apenas no vigésimo nono lugar, o que demonstra que a formação de jogadores em Portugal ocorre apenas numa minoria dos clubes.

 

Os países que conseguem reter mais jogadores internacionais são a Inglaterra e a Alemanha, fruto do reconhecimento dos seus campeonatos. Neste indicador, Portugal surge no décimo primeiro lugar, um lugar obtido graças à competitividade e ao reconhecimento do campeonato português.

 

O principal relevo vai para os jogadores expatriados por liga, em que Portugal surge em terceiro lugar a nível europeu. À frente de Portugal apenas estão o Chipre e a Inglaterra, na Europa.

 

No total das ligas a nível mundial, e desde 2009, a lista pouco tem oscilado, com o Brasil a ocupar sempre o primeiro lugar, com sempre mais de 500 jogadores expatriados, e com a França também a manter sempre o segundo lugar, com mais de 240 jogadores expatriados.

 

De resto, apenas a Argentina e a Sérvia têm alterado de lugar no pódio, sendo que nos últimos 2 anos o país de Messi caiu, definitivamente, para o quarto lugar. Portugal tem mantido sempre o quinto lugar, com especial relevo para 2012, onde foram expatriados 171 jogadores, mais 41 que em 2011.

 

Face a estes dados, os países europeus foram categorizados em 5 grupos, sendo que Portugal encabeça o grupo 2, numa lista liderada pela Inglaterra.

fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/em

publicado por adm às 21:06 | comentar | favorito
tags: