Consumo de eletricidade cai 3,6% e recua para valores de 2006

2012 foi o segundo ano consecutivo de redução dos consumos, que acumulam já uma quebra de 6% face ao máximo ocorrido em 2010

O consumo de energia elétrica baixou 3,6% em 2012, recuando para valores de 2006, num ano marcado pela quebra da produção hidroelétrica e um crescimento da produção eólica e da importação de eletricidade.

Segundo os dados da REN - Rede Energética Nacional, em 2012, o consumo de energia elétrica totalizou 49.1 Terawatt por hora (TWh), contraindo 3,6% com a correção dos efeitos de temperatura e do número de dias úteis, tendo nos últimos meses do ano existido algum abrandamento no ritmo de redução.

O ano de 2012 foi o segundo consecutivo de redução dos consumos que acumulam já uma quebra de 6% face ao máximo ocorrido em 2010 e situando-se agora ao nível de 2006.

Apesar de alguma melhoria no final do ano, as afluências aos aproveitamentos hidroelétricos ficaram a 48% dos valores considerados normais, tendo assegurado apenas 11% do consumo de energia elétrica.

Em contrapartida, a produção de energia eólica aumentou 11% em 2012, tendo abastecido 20% do consumo.

No conjunto, a produção de origem renovável correspondeu a 37% do consumo, abaixo dos 45% registados em 2011, que teve condições hidrológicas mais próximas dos valores normais.

As centrais térmicas a carvão e gás natural abasteceram 47% do consumo enquanto as importações asseguraram os restantes 16%.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 22:12 | favorito
tags: