25 empresas pedem insolvência todos os dias

 

Desde o inicio do ano já desapareceram 5.808 empresas, mais 1.730 do que no mesmo período do ano passado e mais 2.172 do que no ano anterior. Feitas as contas, em média, 25 empresas por dia recorrem aos tribunais para pedir insolvência, tal é a crise no país.

De acordo com o «Jornal de Notícias» e «Diário de Notícias», o número de empresas em dificuldade aumentou já 42,42%. 

O comércio é o sector que apresenta maiores problemas, com 1.535 pedidos de insolvência até finais de novembro. Ainda assim, a construção e o imobiliário já atiraram para o desemprego uma média de 430 trabalhadores por dia, sendo que o sector já perdeu, só no último ano, 110 mil empregos.

Segundo os dados do Instituto Informador Comercial, a venda em leilão dos equipamentos do grupo FDO - que chegou a ser um dos maiores grupos de construção nacional - é a prova disso mesmo.

Esta empresa - que acumulou dívidas de 220 milhões de euros - está entre as 1.496 construtoras e imobiliárias que pediram a insolvência até ao momento. 

Mesmo assim, e apesar dos problemas, outras salvaram-se: é o caso da Edifer, da MonteAdriano e da Hagen, que acabaram por ser adquiridas pelo fundo Vallis, cujos acionistas são o BES, BCP, CGD e Banif.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:17 | favorito
tags: