Carros: as marcas mais vendidas em Portugal

A Renault continua a liderar as vendas de carros em Portugal. Nos primeiros dez meses deste ano, a marca arrebatou 10,72% do mercado automóvel no país, exatamente a mesma quota com que liderou no mesmo período do ano passado. No total, foram vendidas 8.773 unidades desta marca, menos 38,3% que nos primeiros dez meses de 2011.

De acordo com os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), esta foi também a queda registada no total do mercado de ligeiros de passageiros, no período em análise. Entre janeiro e outubro foram comprados 81.827 carros, menos 38,3% que em 2011.

Com 8.296 unidades vendidas, menos 36,3%, a Volkswagen manteve a segunda posição no ranking, reforçando ainda a sua quota de mercado, para 10,14%.

O pódio é completo pela Peugeot, com 7.163 ligeiros de passageiros vendidos (uma queda também de 36,3%), e com 8,75% do mercado.

Seguem-se a BMW e a Audi, com vendas de 5.458 e 5.156 unidades, respetivamente, o que corresponde a quotas de 6,67 e 6,30%.

No top10 têm ainda lugar, por ordem, a Opel (5 mil unidades vendidas e uma quota de 6,11%), a Mercedes (4.636 unidades e uma quota de mercado de 5,67%), a Citroën (4.241 unidades, 5,18% do mercado), a Ford (4.215 automóveis, 5,15% do mercado) e a Fiat (4.177 carros, 5,1% do mercado).

Mais de 400 automóveis de luxo vendidos

Das marcas de luxo, a primeira a surgir na lista da ACAP é a Porsche, com 240 unidades vendidas, uma queda de quase 10% face ao ano passado. A marca representa 0,29% dos automóveis ligeiros de passageiros vendidos no país. Dois lugares abaixo, a Jaguar vendeu 100 unidades (0,12% do total) e, logo a seguir, a Lexus vendeu 74 carros (0,09% do mercado. A italiana Ferrari conseguiu vender 10 unidades (0,01% do mercado).

As restantes marcas de luxo ficaram-se por vendas de um dígito, sem qualquer expressão no mercado nacional. A Aston Martin e a Bentley venderam três unidades cada, a Lamborghini apenas uma, o mesmo que a Lotus. A Maserati e a Maybach não registaram qualquer negócio.

Contas feitas, entre as marcas de luxo, foram vendidas este ano 402 automóveis.


fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 23:02 | favorito