Construção: já faliram duas mil empresas até agosto

Cerca de duas mil empresas ligadas ao setor da construção entraram em falência desde janeiro deste ano, revela esta quarta-feira a FEPICOP - Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas.

A análise ao setor da construção assinala que o peso deste setor no Produto Interno Bruto (PIB) atingiu o valor mais baixo dos últimos 18 anos e que o montante das obras a concurso nos primeiros oito meses de 2012 caiu 56 por cento, correspondendo a uma perda de 1,3 mil milhões de euros, escreve a Lusa.

Já as adjudicações efetuadas no mesmo período também registaram uma quebra homóloga de 52,3% (905 milhões de euros).

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:41 | comentar | favorito
tags: