IMI: 200 mil senhorios ficam a salvo de subidas pesadas

Poderão pagar imposto em função das rendas recebidas e não do valor da avaliação

Ao todo, serão cerca de 200 mil os senhorios que vão ficar a salvo das subidas mais pesadas do Imposto Municipal de Imóveis (IMI). 

«As estimativas apontam para que existam cerca de 200 mil prédios suscetíveis de beneficiar do regime especial aplicável aos prédios arrendados», disse ao «Diário Económico» fonte oficial do Ministério das Finanças.

O regime especial permite atenuar o aumento do imposto que afetará os proprietários com rendas congeladas, por força da reavaliação que foi imposta pela troika.

Com este regime, os proprietários poderão pagar o IMI em função do valor das rendas recebidas e não em função do valor da avaliação, se as tiverem declarado desde 2001. 

A Associação Lisbonense de Proprietários tem estimativas diferentes das do Governo. Fala em 400 rendas baixas. 

«Os dados das Finanças têm por base os Censos de 2011 (255 mil rendas antigas) que não levaram em conta os casos de transmissão de rendas de pais para filhos (que há muitas situações até 2006). Ou seja, só registaram a data de transmissão e não a do contrato de arrendamento, diminuindo o número de rendas antigas», disse ao mesmo jornal o presidente da ALP, Menezes Leitão.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 12:04 | comentar | favorito