Espelho do país: o entra e sai dos centros de emprego

Os números não enganam. Todos os dias há cada vez mais portugueses a dirigirem-se aos centros de emprego. A falta de trabalho atinge pessoas de todas as idades.

O centro de emprego de Coimbra é um espelho daquilo que acontece em todo o país: todos os dias é um entra e sai das 9h às 16h. 

As tentativas de procura de trabalho cada vez menos dão o resultado esperado. A idade é um entrave e as habilitações literárias podem até jogar em desfavor de quem se candidata a um trabalho. Há quem se veja obrigado a omitir o grau de licenciatura.

O INE revelou esta terça-feira que a taxa de desemprego em Portugal subiu para os 15% no segundo trimestre, um novo recorde trimestral. Há 227 mil pessoas sem trabalho.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:10 | favorito