Algarve foi região que mais perdeu turistas nacionais

O Algarve foi a região mais afetada, em termos absolutos, pela queda de turistas portugueses, que totalizou 10,3% nos primeiros seis meses deste ano face a igual período de 2011, segundo dados do INE.

Segundo a Lusa, os números, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) na segunda-feira, mostram que as dormidas de residentes somaram um total de 5.082.843, face aos 5.667.499 dos primeiros seis meses de 2011, com a maior quebra a ser sentida no Algarve (-176.282), seguindo-se a região centro (-119.862) e Lisboa (-78.795).

Ainda assim, contas feitas apenas a junho, o Algarve registou 1.688.245 dormidas no total, enquanto no mesmo mês do ano passado foram 1.576.730 as dormidas na região.

O setor turístico nacional verificou, no primeiro semestre deste ano, uma quebra de 10,3 por cento de turistas portugueses a fazerem férias dentro de fronteiras, o equivalente a menos 584.656 pessoas face ao período homólogo de 2011, segundo o INE.

No total, o número de dormidas na hotelaria atingiu os 4,1 milhões em junho deste ano, um acréscimo de 1,2 por cento face ao período homólogo, mas os proveitos dos estabelecimentos caíram mais de quatro por cento, divulgou o INE.

Por outro lado, assistiu-se a um aumento de 3,7 por cento de turistas estrangeiros face aos primeiros seis meses de 2011, que não impediram a quebra total das receitas.

Os países que mais contribuíram para esta subida foram o Brasil, a Holanda, a Irlanda e a Alemanha, ainda que o mercado espanhol e o italiano tenham sofrido perdas.

No acumulado dos seis meses, os proveitos gerais do setor caíram 3,4 por cento face a 2011 para 770,1 milhões de euros.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:00 | comentar | favorito