Pingo Doce condenado a multa de 30 mil euros

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a Jerónimo Martins ao pagamento de uma multa de 30.000 euros pela campanha de promoção dos supermercados Pingo Doce no 1.º de Maio, confirmou à agência Lusa fonte da entidade.

De acordo com fonte oficial da AdC, foi aplicado ao Pingo Doce uma multa de 29.927,88 euros, a que se somam 250 euros de custas, pela prática de 15 contraordenações em produtos vendidos abaixo do preço de custo: desde açúcar, a pasta de dentes, passando por fraldas de bebé, cereais e arroz.

A Jerónimo Martins, dona da cadeia de supermercados Pingo Doce, tem 20 dias a contar da data da notificação da multa para impugnar judicialmente a decisão administrativa.

A TVI contactou a Jerónimo Martins, que não se pronunciou sobre a notícia por não ter sido notificada; se for irá analisar o processo antes de reagir.

Em causa está a campanha que o Pingo Doce lançou no dia do Trabalhador, oferecendo um desconto de 50 por cento para clientes que adquirissem mais de 100 euros de compras.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 22:27 | comentar | favorito