Gestor ocupa cargo de administração em 73 empresas

É um turbo-administrador: segundo a CMVM, no final de 2010, um só gestor pertencia ao órgão de administração de 73 empresas. 

O relatório Anual do Governo das Sociedades Cotadas, conhecido esta terça-feira ao final do dia, revela ainda que «17 administradores acumulavam lugares de administração em 30 ou mais empresas» e que cerca de 4% dos administradores foram responsáveis por 20% dos lugares de administração.

Mas mais: os dados disponíveis de 2010 revelam que «os membros executivos dos órgãos de administração das sociedade cotadas a exercer funções a tempo inteiro acumulavam, em média, lugares de administração em 11,9 sociedades de dentro e de fora do grupo da sociedade cotada onde exerciam funções».

O relatório compila outra informação, como a idade média dos administradores executivos que, no final de 2010, era de 52,7 anos (menos do que em 2009, em que a média ficava nos 53,6 anos) e a dos não executivos era de 57,1 anos (56,2 em 2009).

No que diz respeito ao género, apenas 5,9% dos cargos de administração das sociedades cotadas (26 cargos em 440) eram exercidos por mulheres e «nenhuma mulher desempenhava em termos efetivos as funções de presidente da comissão executiva».

Quando se fala em salários, a CMVM descreve que 21 administradores receberam mais de 1 milhão de euros, tendo o valor máximo sido de 1,42 milhões de euros.

Em termos médios, as remunerações atribuídas aos administradores executivos diminuíram em termos médios para 449,3 mil euros (foram de 513 mil em 2009).

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:26 | comentar | favorito