Troika «tira» 450 euros/ano a cada português

No final do programa de ajustamento da troika, em 2014, cada trabalhador português por conta de outrem estará a ganhar entre 452 e 491 euros a menos em relação a 2011. 

Uma quebra não só prevista, como desejada pela Comissão Europeia (CE) e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) que, na quarta avaliação do programa, insistiram na necessidade de mais instrumentos para reduzir os salários.

De acordo com contas apresentadas pelo «Diário de Notícias», para 2014, a Comissão Europeia espera que o ganho médio anual caia até 19.809 euros, enquanto o FMI antecipa uma redução para 19.848 euros. Ou seja, terminada a intervenção, serão menos 491 e 452 euros/ano, respetivamente.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 23:20 | comentar | favorito