Filhos «custam» 10 mil euros às famílias

Quem tem filhos está sempre em pior situação: um estudo do INE revela que em média as famílias com crianças gastam mais 10 mil euros por ano do que os casais sem filhos.

Este estudo pretendia apurar como os portugueses gastam o dinheiro: as despesas da casa absorvem a maior parte dos orçamentos familiares; mas ter filhos pode significar um encargo adicional bem pesado.

As famílias com crianças gastam, em média, mais de 26 mil euros por ano com casa, comida, transportes, vestuário, ensino e saúde.

Já as famílias sem crianças gastam cerca de 16 mil euros anuais, menos 10 mil euros. É fácil de perceber porquê: os agregados com dependentes investem 10 vezes mais em educação, em média dois mil euros, gastam 1200 em vestuário e calçado, o dobro da fatura paga pelas famílias sem filhos.

Quem tem dependentes gasta ainda o dobro em atividades de lazer (1648 euros face a 740 euros do orçamento dos agregados sem crianças) e quase quatro vezes mais em transportes (4276 euros versus 1196 euros).

No mesmo inquérito, divulgado pelo INE, percebe-se que é nas despesas com a casa que mais dinheiro é gasto pelas famílias: renda ou prestação ao banco, água, eletricidade, gás, absorvem perto de 30% dos orçamentos familiares. A segunda maior fatia é gasta em transportes e a alimentação aparece em terceiro lugar.

A crise complicou os cálculos e comparando com anos anteriores percebe-se que os gastos com a casa continuaram a subir, enquanto as despesas com alimentação foram as que mais baixaram. 

Olhando para as despesas por regiões, as famílias que vivem na zona de Lisboe e no Norte são as que gastam mais dinheiro; já os alentejanos são os que têm orçamentos mais apertados.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:51 | comentar | favorito