Media Capital Rádios despede 30 pessoas

A Media Capital Rádios vai despedir três dezenas de trabalhadores da M80 e Star FM até ao final deste mês.

O grupo Media Capital Rádios despediu ou vai despedir até ao final do mês três dezenas de profissionais que garantiam a programação local das cadeias M80 e Star FM, cuja emissão passará a ser feita a partir de Lisboa.

"No próximo mês, temos as condições para fazer as emissões a partir de Lisboa", indicou à Lusa Luís Cabral, administrador da Media Capital Rádios (MCR). "Perto de três dezenas de pessoas" serão dispensadas por extinção do posto de trabalho, confirmou o gestor.

A MCR, como outros grandes grupos de rádios, como o grupo Renascença ou Música no Coração, têm vindo a aproveitar uma maior permissividade da nova lei da rádio, de dezembro de 2010, que permite a estes grupos alterarem os projetos de serviços de programas das suas rádios locais, permitindo-lhes dispensar os respectivos quadros.

Desde a entrada em vigor da Lei n.º 54/2010, de 24 de Dezembro, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) aprovou dez pedidos de alteração da classificação de projetos de rádio, de generalista para temática musical, apresentados por vários operadores e está a analisar mais outros cinco processos de alteração.

Esta alteração permite que as rádios deixem de estar obrigadas à emissão de um mínimo de oito horas de programação local entre as 7h e as 24h - programação que incluía blocos noticiosos com informação local -, que era até agora executada por animadores e jornalistas locais.

A permissividade da nova lei funciona ainda por uma segunda via, ao permitir que as totalidades das frequências atribuídas a um concelho (máximo de três) possam ser ocupadas por projetos temáticos. A lei da rádio de 2001 obrigava a que duas das três frequências que cada 
conselho podia ter estivessem atribuídas a projectos generalistas.

Resultado: os grupos deixam estar "obrigados" por lei a manter os quadros que asseguravam a programação local nos vários concelhos em que possuíam rádios locais a funcionar em cadeia (M80, Nostalgia ou Mega FM, apenas para referir algumas estações dos maiores grupos) e estão a dispensá-los. O grupo Media Capital Rádios começou por "arrumar a casa" na Cidade FM e está agora a fazer o mesmo nas 
rádios locais que transmitem a M80 e a Star FM.

Mas também o grupo Música no Coração alterou para temático musical os projetos associados às frequências que estão a transmitir a Rádio Nostalgia e a Rádio Nova Era e o grupo Renascença fez o mesmo quando adquiriu as frequências em que emite a cadeia Rádio Mega, tendo na altura rescindido com os profissionais dessas rádios.

O grupo Renascença emite, por outro lado, a partir de Lisboa, a programação e informação da cadeia Rádio Sim, que, apesar de ter um projecto generalista, pode, ao abrigo da nova lei, emitir informação local recolhida e trabalhada na redação do grupo na capital.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 17:21 | favorito