Custos da mão-de-obra sobem1,5% em Portugal

Os custos horários da mão-de-obra aumentaram a um ritmo anual de 2% no primeiro trimestre do ano na zona euro e de 1,5 em Portugal, revela hoje o Eurostat.

O gabinete de estatísticas da União Europeia mostra que o custo da mão-de-obra recuou, na zona euro, oito décimas nos primeiros três meses do ano, contra os 2,8% do último trimestre de 2011.

Já no conjunto da União Europeia (UE), os custos subiram 1,7%, um abrandamento de um ponto em relação ao último quarto de 2011 (2,7).

Em Portugal o ritmo registado foi de 1,5%, o sétimo mais baixo da UE - a par da Itália.

Na Eslovénia, os custos da mão-de-obra baixaram 1,2% no primeiro trimestre do ano, estando no extremo oposto a Estónia, com uma subida de 7,2%.

O índice de custo da mão-de-obra é um indicador conjuntural da evolução dos custos horários suportados pelos empregadores e é calculado dividindo o custo da mão-de-obra pelo número de horas trabalhadas.

fonte:http://economico.sapo.pt

publicado por adm às 13:37 | comentar | favorito