ASAE averigua campanha do Pingo Doce

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) está a averiguar o que se passou na cadeia de supermercados Pingo Doce, que realizou neste primeiro dia de Maio uma campanha promocional. Ao que a Renascença apurou, a ASAE está no terreno a investigar se foi cometida alguma irregularidade na venda de produtos ao público.

A iniciativa provocou uma corrida sem precedentes às lojas do grupo e originou mesmo alguns incidentes entre consumidores. Fonte do Comando Metropolitano de Lisboa revelou à Renascença que os agentes foram chamados por alguns clientes e lojas para acalmar ânimos mais exaltados. No Porto, de acordo com o subcomissário Moreira, até meio da tarde, o Comando Metropolitano registou oito intervenções relacionadas com estacionamento indevido e desentendimentos entre clientes.

Já o Sindicato do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal acusa a cadeia de lojas Pingo Doce de ter cometido uma ilegalidade, por vender produtos abaixo do preço. Manuel Guerreiro diz estarmos perante um caso de “dumping”.

A campanha de 50% de desconto em compras superiores a 100 euros, gerou enorme confusão em todo o país. Em tempo de grande dificuldade financeira, houve quem recorresse a ajuda para poder usufruir da iniciativa do Pingo Doce e desta forma encher a dispensa.

Renascença contactou ainda a Autoridade da Concorrência que ainda não se pronunciou sobre esta campanha promocional.

fonte:http://rr.sapo.pt/

publicado por adm às 23:08 | comentar | favorito