Casas em leilão estão mais baratas

O número de casas em leilão está a aumentar. Mas o preço conseguido pelos imóveis diminui. São sobretudo os bancos que põem as casas à venda, para escoar as habitações entregues pelos proprietários por não conseguirem pagar os empréstimos.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, em março, o valor médio em dívida dos contratos de crédito à habitação estava nos 59.436 euros. Um valor que, mesmo assim, representa uma queda de 48 euros face a fevereiro.

Certo também é que os bancos estão a atribuir menos valoraos imóveis.

Por detrás de tudo isto estão as descidas das taxas de juro. No crédito habitação, as prestações da casa ficam mais baratas e ainda devem baixar mais.

Por exemplo, no caso de um empréstimo de 100 mil euros, a prestação da casa poderá cair 40 euros no mês de maio, face à ultima revisão feita em outubro.

A taxa de juro média no crédito à habitação caiu, em março, para 2,6 por cento. A prestação média a pagar ao bancodiminuiu 2 euros para 293 euros.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt

publicado por adm às 20:03 | favorito