Consumo de energia está no nível mais baixo desde 1992

O aumento do IVA desde Outubro passado e a redução da actividade económica estão a baixar o consumo de energia.

As famílias e as empresas estão a cortar fortemente no consumo de electricidade. O aumento do IVA sobre a tarifa da luz no final do ano passado levou os consumidores a cortar o consumo a um ritmo histórico no primeiro trimestre de 2012.

Os números em causa são publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que os recolhe junto da REN - Rede Eléctrica Nacional. O consumo médio de energia eléctrica caiu 5,8% no trimestre terminado em Março. As quebras registadas em cada um dos primeiros três meses do ano são históricas. Em Fevereiro, por exemplo, o consumo de luz caiu 6,6%, o ritmo de queda mais forte desde 1992, quando teve início a série do INE. O indicador publicado pelo INE mede o consumo de energia eléctrica em cada dia útil corrigido da temperatura. Ou seja, está o mais ‘limpo' possível de factores que afectam o consumo, como, por exemplo, a estação do ano.

"A redução intensa no primeiro trimestre de 2012 reflecte a diminuição acentuada do consumo de electricidade, quer pelas famílias, quer pelas empresas, facto que também pode estar associado ao aumento de preço ocorrido no final de 2011", revela o INE, em resposta à questões do Diário Económico.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 08:26 | comentar | favorito