Makro dispensa 328 trabalhadores e fecha loja em Aveiro

O grupo Makro anunciou esta quinta-feira que irá dispensar 328 trabalhadores e ainda que irá alterar o centro de decisão para Madrid.

Segundo comunicado enviado às redações, enquanto decorria uma conferência de imprensa, o departamento de recursos humanos esclareceu que recebeu um número de candidaturas superior às expetativas traçadas inicialmente pela empresa e com um «total de 209 colaboradores que voluntariamente apresentaram as suas candidaturas de rescisão por acordo mútuo, o processo de reestruturação das lojas ficou concluído, sem necessidade de recorrer a mais nenhuma medida adicional para o efeito».

Contudo, há que sublinhar que dos 209 trabalhadores 179 chegaram a acordo com a empresa; os restantes, que perfazem os 328 colaboradores dispensadas, deixam a Makro por via de um despedimento coletivo. Até ao final do ano, permanecerão na empresa cerca de 1100 trabalhadores.

A empresa, detida pelo grupo Metro, decidiu ainda encerrar a loja em Aveiro, a partir de 15 de Julho, alegando que a sua «performance» nunca atingiu as expetativas, mas garante que «não existem planos para encerrar mais nenhuma loja das restantes 10 que a empresa opera em Portugal».

A Makro vai ainda alterar a sua estrutura de organização, unindo Portugal e Espanha, com a liderança a ser feita de Madrid.

«Ambos os escritórios centrais e as suas equipas respetivas de gestão serão integradas numa nova sede central, sediada em Madrid», alega a empresa em comunicado, sublinhando que o «novo modelo operacional, testado com sucesso em Espanha será exportado para a Makro Portugal».

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:21 | comentar | favorito
tags: