Maioria PSD/CDS-PP também propõe fim do agravamento em IMT para pessoas singulares em 'offshore'

A maioria parlamentar PSD/CDS-PP propôs uma alteração ao orçamento retificativo que consagra o fim do agravamento para 'offshores' na tributação em IMT quando o comprador é uma pessoa singular.

A proposta junta-se assim a uma outra da coligação parlamentar que suporta o atual Governo, que consagrava o fim do agravamento na tributação em IMI dos particulares residentes em 'offshore'.

A ideia passa por corrigir a extensão de uma norma anti-abuso que estava a penalizar pessoas singulares, ou seja em IRS, e que deveria ser aplicada apenas às empresas.

fonte:http://www.destak.pt/a

publicado por adm às 23:28 | comentar | favorito