Ryanair quer pessoal de bordo mais magro para poupar combustível

A companhia de aviação "low-cost" Ryanair aconselhou as suas hospedeiras e comissários de bordo a emagrecer como uma das formas de reduzir o peso dentro dos aviões e, assim, poupar combustível.

O pessoal de bordo da Ryanair foi informado da necessidade de perder peso. A forma escolhida pela companhia para tornar a ideia mais persuasiva foi recordar às hospedeiras e comissários de bordo que, ao emagrecerem, estariam mais perto de serem escolhidos para o calendário que a Ryanair publica, anualmente.

Contudo, o verdadeiro motivo é reduzir o peso dentro dos aviões. "Cortamos os custos onde for possível e as mudanças conquistadas irão representar uma redução significativa no peso", afirmou Stephen McNamara, porta-voz daquela companhia aérea ao diário britânico "Daily Telegraph".

E, pelo que parece, não é apenas o peso do pessoal de bordo que terá de reduzir. A revista "Let's Go with Ryanair" - publicada para leitura a bordo - deixará o seu formato em A4, passando a ser editada em formato A5.

A revista servirá, ainda, como menu das refeições servidas a bordo. Desta forma, a empresa conta reduzir milhares de quilos a bordo, poupando assim no combustível, além de pagar menos 400 mil libras (cerca de 483 mil euros) pelos custos de impressão.

Outras medidas passam, também, pela redução do gelo levado a bordo e do peso dos tróleis e dos assentos.

Uma outra medida que chegou a ser considerada foi a retirada dos apoios de braços existentes nos assentos. Contudo, a ideia foi posta de parte.

fonte:http://www.jn.pt/P

publicado por adm às 21:17 | comentar | favorito