5 de Outubro e 1 de Dezembro abolidos já este ano

Secretário de Estado do Emprego confirma que este ano marca o fim dos dois feriados civis, tal como o Governo prometeu.

No dia em que o Código do Trabalho vai a debate, no Parlamento, o secretário de Estado do Emprego confirmou que este ano marca o fim dos dois feriados civis.

"Vai, com certeza, depender da altura em que a proposta de lei entrar em vigor, mas esperamos que entre em Junho ou Julho, o que implicará a eliminação destes dois feriados já este ano" disse Pedro Martins no Fórum da TSF.

O governante deixou ainda uma expectativa sobre o comportamento do PS que esteve reunido, ontem, para clarificar a posição sobre o Código de Trabalho. Esta matéria tem dividido e levantado muita discussão entre os socialistas.

Basílio Horta é um desses críticos, mas ontem garantiu ao Diário Económico que a reunião foi muito "esclarecedora" e que não considera "nada repugnante" que o PS se abstenha na votação inicial do diploma.

Para tal, contribuiu a garantia de que os socialistas vão rejeitar depois, na discussão em comissão, pontos como o banco de horas individual, o despedimento por inadaptação e os feriados.

O partido de Seguro não aceita que se acabe com o 5 de Outubro, além de achar que é um excesso a eliminação de feriados quando já se introduziram tantas outras restrições aos trabalhadores. 

Além do mais, o PS considera que estas questões vão além do que foi definido no memorando assinado com a ‘troika' e até com o que foi fixado no acordo de concertação social.

fonte_http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 13:39 | comentar | favorito