Construção fecha 12 empresas/dia. Piora em abril

O setor da construção civil deixou um aviso negro: este pode ser o ano do colapso das empresas que operam neste ramo do imobiliário.

A confederação do setor prevê que esta crise atire 140 mil pessoas para o desemprego e uma das razões é o fim das obras públicas e falta de investimento no país.

Até este momento, o número de insolvências no setor aumentou 40% em relação ao mesmo período do ano passado.

Por dia desaparecem mais de 12 empresas de construção e 350 pessoas, em média, perdem o emprego. Mas o pior ainda está para vir: a partir de abril/maio, o declínio do setor vai ser a pique, porque as obras públicas praticamente acabam e no privado também está praticamente tudo parado.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/ec

publicado por adm às 22:30 | comentar | favorito
tags: