Portugal é o único país da Europa a parar no Carnaval

O Governo decidiu não dar tolerância de ponto aos funcionário públicos no Carnaval deste ano. O primeiro-ministro, Passos Coelho, anunciou que o Executivo optou por não dar tolerância argumentando que "ninguém perceberia" que tal acontecesse numa altura em que propõe-se acabar com feriados em Portugal.

Mas só mesmo o sector público é que vai estar a funcionar em dia de Entrudo. Os bancos, o sector privado e os municípios com tradições de Carnaval vão manter a tolerância de ponto. 
Na maioria dos países da União Europeia celebra-se o Carnaval mas em nenhum é considerado feriado.

Em Itália, por exemplo, o Carnaval é celebrado no Domingo anterior ao Entrudo. Nos Países Baixos, somente nas regiões do sul do país é que se celebra o Carnaval, mas não existe feriado. Em Chipre e na Grécia, é feriado na segunda-feira, comemorando-se a segunda-feira pura, dia santo celebrado pelos cristãos ortodoxos.

 Em França, só o 1º de Maio, dia do Trabalhador, é considerado feriado nacional. Todos os restantes feriados são acordados nos contratos de trabalho colectivos entre o patronato e os trabalhadores. Recorde-se que em Portugal, o Carnaval não é um feriado obrigatório, podendo ser respeitado ou não, consoante os contratos colectivos de trabalho.

Na banca, o feriado é um dia consagrado no acordo colectivo de trabalho que gere o sector. Os professores e os jornalistas são outros dois sectores onde o Entrudo está consagrado.

No sector privado, o Carnaval é tratado como dia de pausa na generalidade dos acordos coletivos, que abrangem mais de 90% das profissões fora do Estado.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/

publicado por adm às 22:01 | favorito
tags: