Britânicos viciados usam smartphones na cama, retrete ou mesa de refeições

Há cada vez mais britânicos viciados no uso de smartphones, que usam na cama, retrete ou à mesa das refeições, contribuindo para a mudança de hábitos e a mistura entre vida social e trabalho, indica um estudo hoje divulgado.

Segundo a Ofcom, entidade reguladora das telecomunicações no Reino Unido, quase metade dos adolescentes (47 por cento) e mais de um quarto dos adultos (27 por cento) têm actualmente um destes aparelhos.

Os smartphones são telemóveis com características semelhantes às de um computador pessoal, possibilitando o acesso à internet, correio electrónico, uso de aplicações e câmara fotográfica, cuja popularidade tem aumentado nos últimos anos.

Mais de metade dos inquiridos (59 por cento) confirmou ter comprado um nos últimos 12 meses e muitos, sobretudo os adolescentes, admitiram que mudaram o comportamento social.

A maioria dos utilizadores (81 por cento) dizem que têm o telemóvel sempre ligado, incluindo na cama, e quatro em dez admitem que o usam logo após acordar.

Mais de metade reconhecem que o usam o telemóvel enquanto falam com outras pessoas, um quarto dos adultos e um terço dos adolescentes mexem no smarphone durante as refeições.

Nem a retrete escapa: 47 por cento dos adolescentes e 22 por cento dos adultos não resistem a levar o aparelho para a casa de banho.

Outra consequência do uso cada vez maior de smartphones é uma mistura entre vida social e trabalho.

Trinta por cento dos convertidos afirmam atender chamadas pessoais durante o horário de trabalho contra 23 por cento dos utilizadores dos telemóveis tradicionais.

Mas é também mais provável que um utilizador de smartphones atenda chamadas de trabalho durante as férias, tendo 70 por cento admitido já tê-lo feito e 24 por cento confiado que o faz frequentemente.

Dos utilizadores de telemóveis normais, só 16 por cento atende as chamadas quando vê o número do emprego no visor.

fonte:Lusa/SOL

publicado por adm às 08:26 | comentar | favorito