China State Grid e Oman Oil compram 40% da REN por 592 milhões

O Governo aprovou hoje a venda de 25% do capital da REN à chinesa State Grid e de 15% à Oman Oil por um total de 592 milhões de euros.

No ‘briefing' posterior ao Conselho de Ministros, Maria Luís Albuquerque avançou que os chineses pagaram 2,90 euros por acção, ou 387 milhões de euros, para comprar 25% do capital da REN. Os restantes 15% foram vendidos por 2,56 euros por título, ou 205 milhões de euros, à Oman Oil. A governante explicou que a diferença de preços reflecte a maior participação da State Grid e a maior presença que a empresa terá nos órgãos sociais da eléctrica, afirmando ainda que, no caso da Oman Oil, se trata de um "investimento estratégico de cariz mais financeiro". Ambas as empresas comprometeram-se em manter a sede da REN em Portugal.

A secretária de Estado relevou que a venda da posição estatal na REN foi concretizada a um prémio médio de 33% e a 150 milhões de euros acima do valor de mercado da empresa. O negócio deve estar concluído em Abril.

Maria Luís Albuquerque considerou ainda que o negócio é "um voto de confiança na economia portuguesa" e adiantou que a entrada da State Grid prevê um financiamento de mil milhões de euros da parte do China Development Bank à REN.

Após esta venda o Estado fica ainda com 11% da REN que serão alienados numa OPV. Sobre o calendário dessa operação, a secretária de Estado não avançou quaisquer detalhes, dizendo que está dependente das condições do mercado.

Na sessão de hoje as acções da REN subiam 1,45% para 2,10 euros.

fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 22:44 | favorito
tags: