Carros: oficinas com serviço bom e barato

Na hora de levar o carro à oficina, os proprietários só esperam que a conta não traga surpresas desagradáveis. A Deco aproveitou um estudo sobre carros fiáveis para inquirir milhares de condutores sobre as oficinas que costumam usar e descobriu as que deixam os clientes mais satisfeitos, quer no serviço, quer no preço.

Quando o automóvel precisa de reparações ou manutenção, a grande maioria dos inquiridos dirige-se a uma oficina da marca enquanto a garantia está em vigor. Quando esta acaba, quase metade desloca-se a outras oficinas, sobretudo garagens de bairro (25%) e independentes (15%), concluiu a Deco, que publica o estudo na Proteste de Fevereiro.

«A principal razão para esta mudança é a execução de um serviço fiável, no caso das oficinas de bairro, e a boa relação entre a qualidade e o preço, nas independentes», explica. 

Nas conclusões, a associação de defesa do consumidor revela que «BMW, Toyota e Honda são as marcas cujas oficinas garantem clientes mais satisfeitos. Horário de funcionamento e qualidade do atendimento são os critérios que mais influenciam este resultado. A Mazda, pelo contrário, suscita menor satisfação». 

A informação dada sobre diferentes opções antes da reparação e a relação entre a qualidade e o preço são os pontos menos apreciados nas oficinas daquela marca.

Quanto às oficinas independentes, a Deco só obteve dados suficientes para a Bosch Car Service, Precision e Norauto. Do trio, a Bosch Car Service é a que deixa os clientes mais satisfeitos. O cumprimento dos acordos e prazos é o principal responsável.

Já a Norauto, «deve rever o seu serviço, para conseguir clientes mais satisfeitos. Limpeza do carro e informação sobre diferentes opções antes da reparação são os pontos que menos satisfazem».

Mesmo sem avarias, os automóveis têm de ser sujeitos a uma manutenção regular. Por isso a Deco pediu aos inquiridos para indicar quanto gastaram na oficina com as revisões periódicas e analisou as respostas dos condutores portugueses que indicaram anotar, com rigor, a despesa.

Com base nestas, calculou um valor anual de referência para a manutenção periódica de 9 marcas. O valor oscila os 200 euros, na Seat e Ford, e os 302 euros, na Volkswagen.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:52 | favorito