Semanário Sol avança com despedimentos

O semanário Sol comunicou esta quarta-feira a 20 trabalhadores que iriam ser despedidos, dos quais pelo menos sete jornalistas, disse à Lusa um dos trabalhadores da empresa.

De acordo com a mesma fonte, os despedimentos prendem-se com «redução de custos».

A Lusa tentou obter uma reacção do director do jornal, José António Saraiva, mas até ao momento não foi possível.

O semanário Sol, lançado em 2006, é actualmente detido pelo grupo de capitais angolano Newshold, tendo-se assumido como jornal da lusofonia, com edições para Angola, Moçambique e Cabo Verde.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:02 | comentar | favorito
tags: