Cuidado: carteiristas roubam cartões sem tocar nas vítimas

A actividade é muito velha, mas a técnica é nova: os carteiristas descobriram uma nova técnica para roubar os incautos, sem sequer terem de lhes tocar. Para roubar um cartão de crédito, hoje em dia já não é preciso meter a mão em bolso alheio. Basta um tablet.

Para ser mais exacto, nem sequer precisam de um tablet: basta a bolsa. A «Inside Edition» fez o teste num centro comercial norte-americano e mostra como os carteiristas, aproximando uma bolsa de um tablet das malas e carteiras dos consumidores, conseguem roubar rapidamente todos os dados confidenciais dos cartões de crédito.

A técnica é, na verdade, muito simples: em vez do tablet, dentro da bolsa está um aparelho que «lê» essas informações. O mesmo tipo de aparelho usado pelas lojas, onde se passam os cartões para fazer pagamentos.

A tecnologia utilizada chama-se «identificação de radiofrequência», e o seu cartão pode tê-la sem que você saiba. Os cartões equipados com esta tecnologia têm um símbolo impresso na parte de trás, como um sinal de rede, e podem ser usados aproximando-os apenas do leitor, sem ser necessário passar a faixa magnética ou o chip no mesmo.

O crime é praticamente impossível de provar, porque não deixa qualquer rasto, ou seja, é o sonho de qualquer ladrão.

De acordo com a «Inside Edition», as grandes empresas de cartões de crédito continuam a reiterar que os seus cartões são seguros, para tentar evitar as despesas associadas à protecção de dados pessoais dos seus clientes.

Os jornalistas fizeram o teste e tentaram usar os dados «roubados» a um colega com este método para fazer compras. Encomendaram uma camisola através de um site, fornecendo os dados do cartão copiado, e conseguiram.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/f

publicado por adm às 22:30 | comentar | favorito