Destruíram 12 toneladas de pirataria

Cerca de 12 toneladas de discos, filmes, fotocópias e equipamento informático foram destruídas em 2011, no âmbito de sentenças judiciais e do combate à pirataria.

As sentenças judiciais proferidas em 2010 e 2011 resultaram na destruição de três toneladas de material pirateado, entre Janeiro e Junho de 2011, e de nove toneladas no segundo semestre do ano passado.

O inspector geral das Actividades Culturais, Luís Silveira Botelho, explicou à Lusa que o material apreendido inclui cópias artesanais de filmes e discos, fotocópias de livros didáticos e científicos e equipamentos informáticos e electrónicos.

O material foi sendo apreendido pela Inspecção Geral das Actividades Culturais (IGAC) em acções de inspecção conjuntas com a PSP e a GNR.

Em causa, está pirataria audiovisual, fonográfica e informática e ainda «a cópia não autorizada de obras didático-científicas e literárias».

Em 2011, a IGAC iniciou um programa preventivo de combate à pirataria junto das escolas do primeiro ciclo.

O programa consiste em acções de sensibilização para os mais novos sobre protecção de direitos de autor, mas também esclarecimentos para professores e bibliotecários.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:25 | comentar | favorito